Gurus RH

 

  • Charles Handy: «Trabalho ‘finta’ sindicatos»
  • «Gestores de RH são obstáculo à mudança», segundo Don Tapscott
  • Peter Senge: «As pessoas não são recursos»
  • «Procure as informações negativas», defende Richard Boyatsis, um dos gurus da inteligência emocional
  • «Estado viola a lei laboral», afirma Garcia Pereira, advogado especialista em direito do trabalho
  • «Europeus detestam os chefes», segundo Claus Moller, guru da inteligência emocional
  • «Emprego aumenta só por razões fiscais», afirma Luc Soete, consultor da UE
  • O triunfo do modelo de Hollywood segundo Charles Grantham, um futurista do trabalho
  • «O pleno emprego não passa pelas TI», afirma James Galbraith, investigador na Universidade de Austin do Texas
  • Aprender sem sair de casa - Entrevista com Elliot Masie, especialista em «e-learning»
  • «Aprender é a alquimia do emprego», afirma Bengt-Aake Lundvall, investigador na Universidade de Aalborg, Dinamarca
  • Só as empresas que deixarem exteriorizar todas as emoções do seu pessoal é que conseguirão levar a cabo uma mudança de fundo. Para tal, o segredo está em saber aplicar correctamente a inteligência emocional, para canalizar a mudança no sentido certo. Quy Huy, professor do INSEAD, explica como o fazer a Ruben Eiras
  • Na Nova Economia, o desafio que a sociedade e as pessoas enfrentam é encontrar o equilíbrio entre o dinamismo económico e a tranquilidade social, afirma Robert Reich, ex-secretário de Estado do Trabalho dos EUA
  • Pedro Bettencourt da Câmara, um dos gurus portugueses em RH, lançou um novo livro onde traça as linhas mestras de como bem remunerar e a realidade dos salários em Portugal. Entrevista de Ruben Eiras
  • Página Anterior
    Topo da Página
    Página Principal