Revelações 2004

Casos de Empreendedorismo Português seleccionados

Por Jorge Nascimento Rodrigues, Janelanaweb.com, Março 2004
Versão reduzida publicada no semanário português Expresso


História 4 - Nichos tecnológicos dão fama

A tecnologia vanguardista "made in Portugal" ou o pioneirismo na comercialização de novas tecnologias alheias geram oportunidades de reconhecimento internacional a grupos de empreendedores portugueses que se especializam em nichos

A focalização em nichos tecnológicos está a garantir o reconhecimento internacional de empresas portuguesas criadas por empreendedores nos últimos cinco anos que deverão atingir a barreira crítica dos 5 a 6 milhões de euros de facturação no final de 2004. Este mês, Portugal foi notícia por três boas razões - uma PME do Norte foi medalha de ouro numa convenção internacional em virtude do seu crescimento super-rápido num nicho emergente das tecnologias de impressão digital; um "spin-off" académico da região Centro continua a dar cartas no seu nicho de especialização em software crítico, sendo a única empresa à escala mundial envolvida num consórcio para as redes de comunicações do futuro; e, finalmente, uma outra criação empresarial por doutorados da Margem Sul do Tejo é reconhecida como na vanguarda mundial dos jogos para telemóveis.

Moral da história: focalizar resulta e dá fama. Argumento: os nichos são o melhor alimento para os pequenos chegarem longe.


Crescimento com Medalha de Ouro
New Solution
Moreira da Maia
Impressão de grande formato

Especializou-se na comercialização de equipamentos sofisticados e dos seus consumíveis para um segmento emergente, o da impressão digital de grande formato e hoje está entre as três empresas principais no mercado ibérico. Tornou-se uma verdadeira "fast company" - em três anos quintuplicaram a facturação, começaram a vender para "fora" do rectângulo luso, para Vigo (vizinha Galiza), Badajoz (na raia da Estremadura), Madrid e Barcelona, e acabaram por se instalar na capital espanhola. Esta trajectória foi "descoberta" pela Business Initiative Directions, que na 30ª Convenção Internacional do Arco da Europa, realizada em Frankfurt, atribuiu, este mês, a medalha de ouro deste galardão a esta jovem empresa do Norte.

A história das origens conta-se num parágrafo. O principal fundador, Eloi Ferreira, tinha um negócio de fotocopiadoras e de "plotters" de alta resolução e cedo se apercebeu que a impressão digital iria disparar. Convidou, então, um presidente de uma Associação de Estudantes que cursava gestão de empresas, a quem quisera vender uma fotocopiadora, para lhe fazer um plano de negócios para a nova ideia, e depois envolveu mais um ex-colega (da venda de fotocopiadoras). Acabaram a lançar a New Solution no ano 2000.

Os três sócios, da geração sub-40 (anos), criaram, entretanto, uma "holding" - a Elferpar (uma junção do nome de Eloi Ferreira com parceiros ou pares) - que agrupa hoje quatro empresas na Península, com um volume de negócios na ordem dos 6 milhões de euros.

"Links" recomendados:
www.newsolution.pt
www.bid-org.com


Única PME no pós-3ª geração
Critical Software
Coimbra
Software crítico

É um dos "spin-offs" criados por jovens engenheiros informáticos formados na Universidade de Coimbra que se focalizou numa área de conhecimento nas tecnologias de informação muito escassa em talentos, o que tem valido à equipa de João Carreira o reconhecimento internacional e uma projecção mediática entre a geração de empreendedores dos últimos cinco anos. O nicho do software crítico em que os fundadores se especializaram, desde os bancos da universidade, valeu agora à Critical Software ser escolhida para o consórcio europeu "Ambient Networks" que vai estudar a rede do futuro em ambiente sem fios pós-3ª geração de telecomunicações. É a única PME escolhida para integrar uma galeria em que estão 34 parceiros, entre fabricantes, operadores, universidades e instituições de investigação da Europa, Canadá, Japão e Austrália, liderada pela Ericsson sueca. O outro protagonista português envolvido no projecto é o INESC Porto.

Saída dos laboratórios da Universidade de Coimbra, a Critical foi incubada em 1998 no Instituto Pedro Nunes e conta entre os fundadores dois doutorados e um mestrado em ciências da computação. É a primeira empresa portuguesa das tecnologias de informação a estar certificada segundo a norma internacional 9001:2000 Tick-it, específica de sistemas de qualidade no software. Deverá atingir os 5 milhões de euros de facturação no final de este ano.

"Links" recomendados:
www.criticalsoftware.com
www.ambient-networks.org

Artigos relacionados:
- As metanacionais portuguesas
- Fugir da prisão dos "clusters"
- Massa cinzenta procura-se!


A febre dos jogos georeferenciados
YDreams
Monte de Caparica
Entretenimento móvel

A França rendeu-se à YDreams, um "spin-off" da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa, no Monte de Caparica. O motivo são uns jogos de novo tipo para telemóvel - que usam a georeferenciação para entretenimento via SMS entre diversos participantes. O jornal "Libération" elegeu a PME portuguesa de base tecnológica como um dos três líderes mundiais nesse nicho emergente, a par da sueca ItsAlive e da francesa Newt Games. Na semana passada, foi a vez da Radio France International entrevistar a equipa da margem sul do Tejo, liderada por António Câmara, que conta entre os fundadores com três doutorados, e em breve com um quarto, e com um mestrado.

O jogo que apaixonou os franceses tem o sugestivo título de "undercover" (abrigado), permitindo aos jogadores "móveis" usar locais físicos reais - centros comerciais ou cadeias de comida rápida, por exemplo - como "santuários" ou "refúgios" atacando os "inimigos" sem serem descobertos. Tudo graças à georeferenciação. O jogo foi, também, muito elogiado em Espanha e em Hong Kong pelos "media" locais e passou os testes em operadores de 14 países.

A empresa acabou de abrir a YDreams Brasil e prepara-se para criar, ainda durante este semestre, as filiais em Espanha e nos Estados Unidos. Deverá facturar, este ano, 5 milhões de euros.

"Links" recomendados:
www.ydreams.com
www.liberation.fr/page.php?Article=183701

Página Anterior
Canal Temático
Topo da Página
Página Principal