Truques na Manga
em Tempos de Depressão

vistos por Michael J. Panzner


Vale mais dinheiro vivo na mão do que a voar
A regra de ouro nº1 é maximizar o 'cash' e não a facturação (se não se sabe como e quando se vai receber)
Corolário: As empresas têm também de depender cada vez mais de si próprias e menos do crédito bancário e de fornecedores

Fidelizar, Fidelizar, Fidelizar
É a única saída, pois até os clientes regulares tenderão psicologicamente a adiar decisões de compra e de investimento, em virtude da expectativa de piores dias

Cada vez mais perto do seu cliente
Estude o modo de lhe chegar directamente com uma estrutura de custos baixa e com capacidade rápida de resposta às mudanças nas condições de mercado

Fazer mais com menos recursos
Pode ser doloroso, mas não há outra hipótese: a sua concorrência vai estar de olho em si e poderá adoptar truques de 'dumping', inclusive para gerar o tal 'cash' que passou a ser rei

Oferecer mais do mesmo produto ou serviço
Criar valor acrescentado é a grande palavra de ordem dos negócios. Mas não engane o cliente metendo creme em cima do que não presta

Alivie-se de tudo o que não cria valor
O conselho é o recurso à subcontratação e às parcerias em relação a tudo o que não cria valor no seu negócio ou é produzido ineficientemente

Descubra as 'jazidas' de ouro internas por explorar
Procure e maximize os activos que estão esquecidos ou subutilizados dentro da sua organização

Encoraje a criatividade e a inovação
Não de uma meia dúzia de crâneos dourados, mas de todo o colectivo

Fonte: «Are you ready for deflationary decline?», in Management Review, revista editada pela Associação Americana de Management, Janeiro de 1999.

Michael Panzner foi consultor independente até recentemente e voltou a reingressar nos quadros superiores de uma filial do Dresdner Bank.