Imaginação à solta

Durante o ano lectivo de 1999/2000, um grupo de alunos participou no Clube de Inventores de Histórias Electrónicas. Esta experiência, promovida pela Unidade de Apoio à Rede Telemática Educativa (www.uarte.mct.pt), do Ministério da Ciência e Tecnologia, e integrada no programa "Internet na Escola", teve várias vertentes:

Promover a utilização da língua portuguesa (leitura e escrita), fomentar a utilização de recursos tecnológicos (computadores, Internet) e estimular a criatividade.

Os nove alunos da Escola Básica e Secundária Luís de Camões (www.eb23-luis-camoes.rcts.pt), em Lisboa, inspiraram-se nas histórias escritas por Carlos Medina Ribeiro - reunidas no livro «Clube dos Inventores» e disponíveis em www.janelanaweb.com/humormedina. A partir das personagens aí apresentadas ou de outras por eles criadas, os alunos dedicaram algumas horas por semana a escrever histórias e a preparar a sua apresentação. Na parte relativa ao texto, contaram com o apoio de uma professora e do escritor Carlos Medina Ribeiro, e também com o auxílio de um guião.

Aos alunos também coube tratar das ilustrações e da transição das histórias para uma página na Internet, que deverá estar disponível em breve.

Algumas informações adicionais sobre esta experiência encontram-se no site da UARTE (em www.uarte.mct.pt/activ/invenrores).

No seguimento do projecto, quando se juntarem "histórias suficientes", a UARTE poderá editar em papel as histórias criadas, que distribuirá pelas escolas do país.

Para o corrente ano, a iniciativa prosseguirá, nos mesmos moldes, durante todo o período lectivo, apoiando-se no guião já desenvolvido. Na Escola Luís de Camões a responsabilidade vai passar por outra professora.

Duas outras escolas aderiram ao programa: a Escola Eugénio dos Santos, em Alvalade (com a professora que participou na experiência da Escola Luís de Camões), e a Escola Básica 1, de Queluz.

Segundo Maria João Horta, da UARTE, o objectivo do MCT é alargar esta experiência a outras escolas e colocar os seus resultados à vista de todos, na Internet.


Carlos Afonso
«BIT» Dezembro 2000

Página Anterior
Topo da Página
Página Principal