Crónicas do Estultício


6
A Opção Misteriosa

Hoje em dia, pela Internet, consegue-se enviar de tudo:
Textos, fotos, sons, filmes...
Agora, face ao seu casamento com os telemóveis, temos de estar preparados para isso e para muito mais...

Como o meu amigo Estultício continua a defender a opinião de que "isso da Internet é uma coisa para garotos", eu fiquei de boca aberta quando o vi, no café do costume, a manipular um telemóvel de última geração com tecnologia WAP e acesso à Web!
Do outro lado da mesa, e igualmente absorto num aparelho igual, o Sr. Batatinha, o seu fiel funcionário.
E, de facto, tão entretidos estavam aqueles dois que nem deram pela minha aproximação. Mas foi por pouco tempo:
- Ah! Ainda bem que aparece! Andamos a estudar esta pequena maravilha da técnica!
Sorri para comigo. O Estultício, por intermédio dos telemóveis ia, decerto e finalmente, aderir às maravilhas do ciberespaço!
Mas deixei que fosse ele a abordar esse assunto, o que não tardou a acontecer:
- Ora temos aqui as cotações da bolsa... as farmácias de serviço... os cinemas... tudo coisas que fazem muito jeito, sim senhor! Muito jeito!
E, desligando o aparelho, comentou:
- Assim está bem. Só as coisas verdadeiramente úteis e essenciais. Não me venham para cá falar de Internet a sério, que isso é coisa que não existe. A Internet continuará sempre a ser uma coisa para garotos e a ter uma influência muito negativa, mesmo muito negativa!
De facto, eu devia ter desconfiado de tanta abertura de espírito! E o Sr. Batatinha encolhia os ombros, olhando para mim como quem diz: «Não há nada a fazer!».
Sentei-me e preparei-me para falar de outras coisas.
Mas o Estultício estava obcecado com o seu novo brinquedo e não queria mudar de assunto:
- Você ainda não viu a melhor!
E, cruzando a perna, mostrou-me uma coisa verdadeiramente incrível:
O sapato direito tinha uma discreta fenda atrás, e o aparelho encaixava-se ali, entre a peúga e a palmilha!! E, como já se está a ver, passava-se o mesmo com o do Batatinha!
- A quem compra esta maravilha, a loja oferece um par de sapatos à sua medida. E há muitos modelos para escolher. - esclareceu o Grande Chefe.
Percebi tudo! Estávamos, portanto, perante os famosos telemóveis cuja bateria era carregada através do acto de andar!
Era o que se podia dizer tê-lo sempre ao pé!
Enquanto eu mantinha a boca aberta de espanto, os dois retomavam a conversa sobre os aparelhos - assunto que os obcecava.
- Bem, agora vamos ver se funcionam para aquilo que foram concebidos: falar!
E foi assim que me preparei para assistir à cena caricata de duas pessoas, sentadas à mesma mesa, a conversarem por telemóvel uma com a outra!
Mas, de súbito e logo no início, o Estultício berrou, afastando o aparelho de si:
- Bolas, Batatinha! Desactive lá essa coisa da "Opção S"! Que mau gosto!
"S"?! - interroguei-me - Que diabo seria a "Opção S"?!
O certo é que o outro lá carregou num botão qualquer, desactivando, pelos vistos, essa misteriosa função!
Conversa para aqui, conversa para ali... só quando se fartaram de dizer banalidades é que desligaram.
Arrumaram então os aparelhos nos respectivos sapatos e o Estultício, feliz, mandou vir uma cerveja para ele e copos de água para os outros.
Depois, sorrindo, perguntou-me o que é que eu achava daquilo tudo que tinha visto.
Claro que lhe disse que estava maravilhado, e perguntei o preço e a loja onde se compravam. Era de prever que fosse coisa cara...
- De facto não são nada baratos, mas temos de ter em conta que eles oferecem uns sapatinhos à moda (com o requinte de os substituírem, por um preço simbólico, à medida que a moda evolui). Por isso, ao fim de algum tempo a coisa compensa.
Pedi, então, para ver bem um dos aparelhos e, ligando-o, acedi à Internet e consegui ver o meu correio electrónico! Fiquei banzado!
- Que pena serem tão caros - comentei, aproveitando para ver a tal tecla da misteriosa "Função S".
- Se for à loja, veja se eles têm modelos sem essa opção. Há muita tecnologia envolvida nela, que é completamente desnecessária e só encarece. Olhe, é um dos casos típicos em que o progresso vai mais longe do que deveria ir!
Mais tarde, lendo as instruções que vinham com os aparelhos, percebi tudo:
Tratava-se da nova possibilidade de, através da Internet, transmitir... Bem, sabem o que quer dizer "Smell"?

Página Anterior
Topo da Página
Página Principal
Página Seguinte