Colaborações no Diário Digital


Uma boa resolução de Bush. Quem diria?!

No passado dia 19, comemorou-se o 2º aniversário da invasão do Iraque.

Ora, antes de se lançar nessa estranha forma de comemorar o «Dia do Pai», Bush encomendou uma espécie de «estudo de mercado», no seguimento do qual ficou a saber que o povo norte-americano aceitava uma perda de vidas até 1.000.

No entanto, o número 1.500 já foi atingido há algum tempo, o que mostra que não é só por cá que os orçamentos são ultrapassados.

A propósito disso, circula na Internet uma fotografia de George W. Bush composta por 1.410 quadradinhos - que são outras tantas fotografias de soldados norte-americanos mortos no Iraque (*), o que levanta um problema tecnológico curioso:

Não é preciso ser-se amante de fotografia para se saber que a definição de uma imagem é tanto melhor quanto menor for o respectivo «grão» - e nas digitais é o número de «pixeis» que conta para esse efeito.

Pelos vistos, "Bush e ajudantes" são grandes amantes dessa arte, pois têm feito os possíveis para que as sucessivas versões dessa tal imagem tenham cada vez maior nitidez.

Se eles resolverem fazer uma outra recorrendo a fotografias dos civis mortos (cujo número há muito ultrapassou a barreira dos 100.000), então é que nem vos digo nada - teremos uma grande resolução!

(*) Pode ser vista, por exemplo, no blog http://sorumbatico.blogspot.com/, no post de 19 de Março de 2005.


Publicado no "Diário Digital" de 21 Março 2005, no "DN" de 25 e 30, e n' "A Capital" de 22 e 30 (Só no último caso é que respeitaram o título)

Página Anterior
Topo da Página
Página Principal
Página Seguinte