Colaborações no Diário Digital


Impostos & Imposturas

I

1: Todos nos lembramos que Durão Barroso prometeu, na campanha eleitoral, que baixaria os impostos.

Uma vez eleito, fez exactamente o inverso - no que ficou para a nossa pequena-história como o paradigma das aldrabices dos políticos.

2: Depois de todos termos ouvido, na TV, Sócrates a prometer que não mexeria nos impostos, aparece agora o futuro ministro das Finanças a referir exactamente o contrário - num remake de supremo mau-gosto da rábula anterior.

3 (= 1+2?): Poucos dias antes das eleições, Clara Pinto Correia afirmou, no "JN":

«Escolher o próximo Primeiro-Ministro é como escolher entre a Pepsi-Cola e a Coca-Cola».

Acerca disto, passa-se uma coisa curiosa:

A maior parte dos entrevistados em inquéritos de preferência diz que gosta mais da segunda.

No entanto, se provarem ambas sem saberem qual estão a beber, preferem a primeira - o que prova que, DE FACTO, NÃO SÃO IGUAIS.

Também em relação ao desabafo de Clara Pinto Correia, esperemos que Sócrates nos prove que ela estava enganada - e que esta história dos impostos subirem não passa de uma esperteza-saloia... a ver se «COLA».

II

O certo é que Durão Barroso foi mais matreiro do que Sócrates, pois só procedeu ao aumento do IVA DEPOIS de se apanhar no governo.

Embora, possivelmente, pouco possa ser feito, o certo é que isto me recorda uma velha história - supostamente passada com o Rei D. Carlos:

Estava Sua Majestade a visitar um manicómio, quando um internado se aproximou dele, muito nervoso, garantindo-lhe que estava óptimo de saúde, pelo que podia - e devia - sair dali.

O Rei interessou-se por ele, ouviu-o, e, entre muitas outras coisas, perguntou-lhe o que é que ele fazia antes de ser internado.

- Saiba Vossa Majestade que eu sou galo!

E, pondo-se de cócoras em cima de uma mesa, começou a cantar «Có-có-ró-co! Có-có-ró-co!»

O rei virou-lhe as costas e, rindo, só comentou:

- Olha, cantaste a tempo!

E é daí que vem a famosa expressão «Cantar-de-galo»...


Publicado no "Diário Digital" em 7 Março 2005

Página Anterior
Topo da Página
Página Principal
Página Seguinte