Carta(s) Branca(s)


Temos homem!

Tem-se falado muito do facto de o governo português se ter associado a outros sete num documento de apoio aos EUA na questão do Iraque. Embora um deles seja Berlusconni, saltemos por cima da máxima «diz-me com quem andas...» e vejamos como o nosso país pode vir a ser verdadeiramente temido na cena internacional:

Se bem que não se deva fazer comentários relacionados com os nomes das pessoas (um dos meus apelidos remete para Maomé e o outro já foi traduzido por «little river»), se um dia Carvalho da Silva chegar a Secretário Geral do PCP qualquer estrangeiro que ainda nos julgue um país fraco terá uma surpresa: Portas, Carvalho, Durão & Ferro!

Até aqui, nada de novo. Só que, pelas suas qualidades até agora insuspeitadas, haverá que passar a ter em conta mais um «duro», um ministro recentemente na ribalta por razões de grande coragem: para proteger os seus companheiros de partido soube manter em segredo, durante dois meses, um parecer da Procuradoria Geral da República que contradizia uma opinião dos mesmos acerca de Ferro Rodrigues.

Posto perante o facto (que até ao Primeiro Ministro teve o cuidado de ocultar), declarou olimpicamente que não homologava o parecer da Procuradoria. E eu que, na minha ingenuidade, julgava que era a Procuradoria quem homologava (ou não) os pareceres dos outros!

É assim mesmo! Valente!


Publicado no "EXPRESSO" - "Carta Branca", em 8 Mar. 2003

Página Anterior
Topo da Página
Página Principal
Página Seguinte