Carta(s) Branca(s)


Fogos em fogo

O acesso de genica dos nossos autarcas tem lugar em dois períodos típicos:

São eles, inevitavelmente: algum tempo antes das eleições (por motivos evidentes), e - no caso dos novos eleitos - logo a seguir a elas (fazendo jus ao velho ditado que garante que "vassourinha nova varre bem a casa").

Vem isto a propósito da decisão de Pedro Santana Lopes de obrigar os senhorios dos prédios devolutos de Lisboa a entaipar, com tijolos, as portas e as janelas mais baixas das casas, para que não sejam invadidas por quem lhes possa - por descuido, vandalismo ou outra qualquer razão - pegar fogo.

Acho muito bem, até porque, com os prédios que vão ardendo em bom ritmo por essa cidade fora, o melhor é agir com decisão e, se possível, «na brasa».

Claro que, como em tudo na vida, houve quem não concordasse, e alguns proprietários opuseram-se a essa exigência. Lá terão, decerto, as suas razões.

Mas, por associação de ideias, lembrei-me de alguns senhorios que eu conheço e que passam o tempo a «torcer» para que os seus inquilinos vão, e o mais depressa possível, «fazer tijolo»...


Publicado no "EXPRESSO" - "Carta Branca", em 9 Fev. 2002

Página Anterior
Topo da Página
Página Principal
Página Seguinte