Cartas para a Imprensa


A luta contra o falso desemprego

Faz muito bem o Governo em combater o falso desemprego e as fraudes a ele associadas.

No entanto, há algumas medidas que dão que pensar, nomeadamente duas:

NOVIDADE: Vai passar a ser necessário que as rescisões correspondam a reestruturações das empresas com extinção dos postos de trabalho em causa.

COMENTÁRIO: Estou em condições de garantir que isso já é exigido há MUITO tempo. Acompanhei de perto MUITAS rescisões, e sempre as empresas tiveram de passar essas declarações, o que sempre fizeram sem qualquer problema... evidentemente!

NOVIDADE: O desempregado terá de estar em casa duas horas por dia (de manhã ou de tarde, alternadamente).

COMENTÁRIOS: Como é que isso evita que o desempregado trabalhe se ainda sobram ainda 22 horas do dia?
E se esse trabalho for precisamente em casa?
Então e o tele-trabalho, que já está tão divulgado?


Publicado no "DN" em 9 Novembro 2005

Página Anterior
Topo da Página
Página Principal
Página Seguinte