Cartas para a Imprensa


«Jogo do bicho»?
(Título original: «Frio... frio...»)

Li há alguns anos uma curiosa reportagem. Não posso garantir que o relato fosse verdadeiro, mas ainda me recordo do que lá se dizia e "vendo-a como a comprei":

Referia-se que, no Brasil, e para o sorteio do "Jogo do Bicho" (ilegal), se procedia da seguinte maneira por forma a garantir que o processo seria... limpo:

Em becos esconsos e longe de vistas indiscretas, angélicas criancinhas eram convidadas a tirar de negros sacos as bolas que dariam os chorudos prémios.

Só que, um certo dia, a cena (até aí sempre pacífica) degenerou em tiroteio e mortes de alguns adultos. É que alguém, com interesse em que saísse uma determinada bola, a metera previamente num frigorífico...

Já me tinha esquecido de tão deliciosa história.

Mas voltei a lembrar-me dela quando, recentemente, os nossos homens do futebol resolveram abandonar o método das bolinhas e passaram a usar o computador para o sorteio dos árbitros.

Como se sabe, logo na jornada seguinte alguém fez prevalecer a vontade de voltarem ao método antigo.

Tendo em conta os vírus que por aí circulam, só tenho a comentar: "Muito bem!"

Quanto à nossa "via original para a Sociedade da Informação", só tenho a comentar: "Ora bolas!!"


Publicado no EXPRESSO - "Cartas" em 25 Ago. 2001

Página Anterior
Topo da Página
Página Principal
Página Seguinte