Cartas para a Imprensa


O caso das casas

SEGUNDO viemos a saber, os proprietários de casas devolutas (estimadas em mais de 540 mil) vão ser penalizados, passando a pagar o dobro do imposto; e o secretário de Estado, Eduardo Cabrita, até já lançou um «slogan» (algo sempre bom nestas circunstâncias): «Rendimento zero, imposto duplo».

Apesar de ser um tema acerca do qual já oiço dizer o mesmo há uma eternidade, só me ocorre comentar: «Perfeito! Certíssimo! Cinco Estrelas!».

O pior é que todos sabemos que, em matéria de leis, Portugal resolve a sua não-aplicação recorrendo ao aumento das penas:

Quanta gente já foi punida por ter marquises de alumínio, por deixar o cão defecar no passeio ou por atravessar fora das passadeiras (excepto no honroso caso de Faro, onde a PSP até já fez Operações-STOP a peões em parques-de-estacionamento)?

Esperemos, pois, que no caso das «devolutas» não se aplique a velha anedota:

«Estás bem-arranjado, pá! Não tens pago impostos, mas com a lei que aí vem vais passar a pagar o dobro!»


Publicado no "Público" de 21 Maio 2005 com o corte dos 2 últimos parágrafos!

Página Anterior
Topo da Página
Página Principal
Página Seguinte