Cartas para a Imprensa


Impagável!

No dia 14, o «DN» informou-nos que o nosso director-geral dos Impostos foi alvo de uma execução fiscal movida pelas Finanças de Benavente, relativo a uma dívida de Contribuição Autárquica referente a 2001.

Segundo diz o próprio: «Paguei quando fui lembrado para isso».

Ora, como também muitos outros responsáveis portugueses têm referido o «esquecimento» quando está em causa o pagamento dos seus impostos, talvez a notícia tivesse ficado melhor se, em vez de ser acompanhada pela fotografia do referido senhor, o tivesse sido com uma imagem de D. João I, «o de boa memória».


Publicado no "DN" de 15 Abril 2005 com o título «Falta de memória!»

Página Anterior
Topo da Página
Página Principal
Página Seguinte