Cartas para a Imprensa


O dever acima de tudo!

Tem-se falado muito, novamente, no «pelourinho dos caloteiros», a lista pública de pessoas e empresas que não pagam os impostos que devem - vivendo, assim, à custa dos milhões de tansos que não podem (ou não querem) fazer como eles. No entanto, a confiança que o Governo deposita na eficácia dessa medida deve ser temperada com algumas realidades:

Antes do mais, porque a sabedoria popular já decretou, há muito, que «Quem não tem vergonha todo o mundo é seu». Depois, porque o caloteiro empedernido sabe que, se dever mil pode ter um grande problema, mas se dever um milhão quem tem um grande problema é o credor...


Publicado no jornal "metro" e no "Público" em 18 Dezembro 2006 e no "Destak" em 20 Dezembro 2006

Página Anterior
Topo da Página
Página Principal
Página Seguinte