Cartas para a Imprensa


A excepção e a regra

O Governo acaba de nos informar que as mulheres vítimas de violência doméstica e conjugal vão ficar isentas de taxas moderadoras - o que nos faz matutar pois, sendo uma EXCEPÇÃO, põe a nu a REGRA:

O idoso vítima de violência familiar, o operário que fica sem uma mão, a criança que cai de uma varanda, o professor espancado na escola, a velhinha atropelada numa passagem para peões, o transeunte esfaqueado por um marginal, etc... todos eles, chegados a um hospital, pagarão a genial taxa moderadora, para que, como diz o Sr. Ministro da Saúde, tenham a noção de «quanto custam» ao contribuinte. Como brinde, ficarão também a saber «quanto custa» ter, no Governo, alguém assim.


Publicado no jornal "metro" em 29 Novembro 2006 (com os cortes indicados em itálico) e no "Destak" em 6 Dezembro 2006

Página Anterior
Topo da Página
Página Principal
Página Seguinte