Cartas para a Imprensa


Caros «senhores»

Em Janeiro de 2005, João Soares, tentando depreciar Santana Lopes, referiu-se a ele como sendo «o Sr. Lopes». No mês seguinte, e com o mesmo intuito, Alberto João Jardim, numa alocução que ficou tristemente célebre, referiu-se ao Professor Cavaco Silva como «o Sr. Cavaco Silva», «o Sr. Cavaco» e «o Sr. Silva» (ao mesmo tempo que falava do «Dr. Pedro Santana Lopes»...) e, na semana passada, referiu-se a Teixeira dos Santos, Ministro das Finanças, como sendo «o Sr. Santos» - enfim, grosserias infantis que (como se tal ainda fosse necessário!) dizem tudo sobre quem a elas recorre. Por acaso, tenho aqui na estante um livro com o título «Então é assim, ó Alberto?», mas é sobre um outro Alberto - esse, um cavalheiro inteligente, simpático e civilizado de apelido Einstein...


Publicado no "DN" de 10 Outubro 2006

Página Anterior
Topo da Página
Página Principal
Página Seguinte