Cartas para a Imprensa


Bacocos ou «ibéricos»

O Governo resolveu ridicularizar os portugueses que não querem que os seus filhos nasçam em Espanha chamando-lhes «bacocos» - o que, segundo o dicionário que aqui tenho, significa «palerma, pacóvio».

Seria preferível que tivesse recorrido a uma argumentação mais inteligente, como a de quem diz que «não tem mal nenhum que os povos que vivem junto à fronteira partilhem serviços de um lado e do outro da raia», uma abordagem que não recorre ao insulto e que só precisa, depois, de esclarecer uma coisa:

Alguém imagina a situação inversa - espanholas a virem, aos milhares, dar-à-luz a Portugal? E, já agora, porque será que a simples enunciação da pergunta dá vontade de rir?


Publicado no jornal "metro" de 12 Maio 2006, no "DN" de 15 e no "Destak" de 26

Página Anterior
Topo da Página
Página Principal
Página Seguinte