Jovem português premiado em Berkeley cria empresa com capital de risco do Silicon Valley

Jorge Nascimento Rodrigues «descobre» Pedro Abreu e a Timbre Technology

No outro lado do mundo, na Califórnia, um jovem estudante português de MBA cria com dois colegas uma empresa de alta tecnologia e recebe um forte apoio do capital de risco do Silicon Valley.

Pedro Abreu, um madeirense de 27 anos com a licenciatura de engenharia de computadores do Instituto Superior Técnico (de Lisboa), a tirar o MBA na Escola de Gestão da Universidade de Berkeley, do outro lado de São Francisco, foi «descoberto» por nós no meio da euforia de criação da Timbre Technology (na Web em www.timbrecom.com), uma micro empresa dirigida ao mercado dos semi-condutores, que começou por ser um projecto para um Concurso na Haas School of Business (na Web em www.haas.berkeley.edu), de Berkeley.

Com Nickil Jakatdar e Xin hui Nin, dois alunos da Escola de Engenharia, a ideia da Timbre ganhou o primeiro prémio na 1ª First Business Plan Competition organizada pela Haas School para projectos de «start ups» de alunos, um género de concurso perfeitamente «replicável» noutras partes do mundo.

«Mas o mais importante não foram os 8 mil dólares (7200 euros, 1400 contos) de prémio, explica-nos Pedro Abreu, mas as portas que o concurso nos abriu para as 'venture capital' da região. Uma delas, a Sevin Rosen Funds (na Web em www.srfunds.com), já investiu na Timbre 300 mil dólares (270 mil euros, cerca de 55 mil contos)».

Os três jovens empreendedores - uma mistura multi-étnica típica daquela região norte-americana - procuram, agora, um CEO com experiência no sector dos semicondutores que tome conta das rédeas de gestão. O que a Timbre tem para pôr cá fora já interessou a Intel, a AMD e a National Semiconductor, os «tubarões» do sector.

Saliente-se, a finalizar, que o sucesso deste 1º concurso só foi possível devido ao esforço que a Haas School of Business tem desenvolvido por forma a criar oportunidades e forums onde os alunos de gestão possam interagir com entrepreneurs e venture capitalists desta região. Este esforço tem resultado em start-ups como a Inktomi (na Web em www.inktomi.com), a ZipRealty (na Web em www.ziprealty.com), a HotPaper (na Web em www.hotpaper.com) e a Timbre Technology.


LEIA AINDA:

  • Mais histórias sobre o Silicon Valley
  • Página Anterior
    Canal Temático
    Topo da Página
    Página Principal