A estrela do MMS de Singapura

Informação em tempo real na actual sociedade da mobilidade é uma função crítica para os profissionais das empresas. Uma "start-up" de Singapura inovou na área de servidores para alertas via SMS e MMS

Jorge Nascimento Rodrigues, editor de Janelanaweb.com, com Tina Wu (InnovAsia/Insead) em Singapura (Cingapura), Abril 2005

É uma das revelações da alta tecnologia de Singapura (Cingapura). Na origem estão dois jovens estudantes da Universidade Tecnológica de Nanyang que em 1996 criaram a Cybersource, uma empresa na área do "paging" baseado na Internet. Em 2001, os dois amigos aperceberam-se que o negócio do "paging", em que se tinham iniciado, "estava a morrer", e que o sector emergente na mobilidade era o SMS. «Um segmento com um crescimento exponencial», diz Wong Jeat Shyan, de origem malaia, 34 anos, um ex-investigador. Wong e o seu sócio, o tecnólogo Ang Sei Heng, descobriram a nova realidade emergente que baptizaram de "estilo de vida sem fios", essencial para os profissionais das empresas de hoje. «Sinceramente, o nosso projecto de empresa nasceu porque acreditamos que as aplicações sem fios vão ser parte integrante da nossa vida - do nosso estilo de vida. E isto, para os profissionais, significa acesso a dados e aviso constante do que se está a passar», sublinha Wong. Fundaram, então, a TalariaX Pte. Ltd., de que Wong é CEO.

Foi, assim, que surgiu, em 2002, uma linha de servidores "customizados" com a finalidade de enviar alertas e outras funcionalidades por SMS para utilizadores profissionais, no princípio, sobretudo para responsáveis das áreas críticas dos sistemas de informação das grandes empresas e instituições, que necessitam de ser avisados de problemas na infra-estrutura de tecnologias de informação. «Foi um primeiro ano de dura investigação», refere Wong. Baptizaram a linha de servidores de "SendQuick" (envio rápido, à letra), tendo já vendido uma centena de aparelhos "customizados" aos interesses dos clientes sobretudo asiáticos nos últimos dois anos. A solução foi desenvolvida em cima do sistema operativo Linux.

Um dos momentos mais altos foi o lançamento, no ano passado, de um sistema de impressão comandado a partir do SMS, um projecto conjunto com a HP em Singapura/Cingapura.

Um dos momentos mais altos foi o lançamento, no ano passado, de um sistema de impressão comandado a partir do SMS, um projecto conjunto com a HP em Singapura. Foi anunciado pela multinacional como o primeiro sistema do género no mundo, em que um utilizador pode mandar a partir do seu telemóvel uma ordem de impressão via SMS. Mais, recentemente, foi dado o passo de aplicar o mesmo conceito de serviço ao MMS (mensagens multimedia). O que abriu um campo ainda mais vasto de aplicações ao usar a imagem na comunicação. Sectores como os seguros, imobiliário, comércio automóvel, marketing e vendas, manutenção, monitorização à distância, promoções turísticas e na distribuição.

Os dois amigos vêem-se como parte integrante da "nova geração de empreendedores da Ásia".

Laboratório vivo

TalariaX é uma dos casos da multitude de start-ups locais criadas nos últimos cinco anos, desde que o Governo de Singapura, através da Infocomm Development Authority of Singapore, inflectiu a sua estratégia para o fomento do empreendedorismo de base tecnológica e para a criação nesta cidade-Estado de um ambiente para projectos-piloto e de teste de inovações na área do sem fios (wireless) e da sociedade da mobilidade (e-mobility).

O objectivo estratégico é mesmo muito ambicioso - ser "o laboratório vivo da Ásia para a inovação no sem fios". Para favorecer este desígnio de "local de testes" (test-bed) de referência no sem fios, Singapura dispõe de um mercado de elevado uso do SMS (52% contra uma média mundial de 23%, para dados de 2004), tem uma penetração superior a 83% em telemóveis e 40% dos cidadãos dispõe de banda larga (dados de 2002). Foi o primeiro país a conseguir inter-operabilidade entre os seus operadores para serviços de SMS (serviço de pequenas mensagens) e MMS (serviço de mensagens multimedia). A ilha utiliza duas tácticas: atrair empresas tecnológicas de ponta de todo o mundo, e fomentar a sua própria colheita de start-ups locais.

TalariaX - BI rápido
CEO e fundador: Wong Jeat Shyan, 34 anos
Fundação: 2001
História pessoal: ex-investigador da NTU-Universidade Tecnológica Nanyang (Nanyang Technological University), de Singapura
Aposta estratégica: Desenvolvimento de produtos de alta tecnologia para e-mobilidade empresarial
Slogan: Estilo de vida sem fios (wireless-applications lifestyle)
Produto-estrela: Servidores para envio de alertas e outras funcionalidades por SMS e MMS
Palavras-chave: convergência; sem fios (wireless)
Localização: Singapura e Kuala Lampur (Malásia)
Sítio na Web: www.talariax.com
E-mail: jswong@talariax.com
Página Anterior
Topo da Página
Página Principal